Na contramão do Yahoo!, empresas americanas consolidam o home office

Depois de toda a polêmica em torno da decisão da CEO do Yahoo!, Marissa Mayer, pedir para que os funcionários em home office retornassem à empresa (leia mais aqui), parece que a atitude não foi copiada pelos concorrentes e outras empresas. Na tendência de evitar longos (e demorados) engarrafamentos e oferecer mais qualidade de vida…

Leia mais…