Novos rumos: psicologia on-line e trabalho portátil

Novos rumos: psicologia on-line e trabalho portátil
Avalie este post

Estávamos conversando neste final de semana com um casal de amigos, Katia e Robert Rubenstein, e eles nos contaram algo que chamou atenção.

Ela é brasileira, ele americano. Rob é empresário e Katia é psicóloga. Além de serem extremamente simpáticos, dá para notar logo de início que o casal tem um estilo de vida onde o tempo para a família é prioridade. E isso sem deixar o trabalho de lado.

Como eles moram nos Estados Unidos, país que adota o home office desde os anos 70, Katia e Rob aproveitam os benefícios da modalidade já tão difundida para trabalhar com ainda mais qualidade de vida. Vamos ao cenário. Eles, mais os três filhos, moravam na Flórida e mudaram-se para Utah. Então, no caso da Katia, grande parte dos pacientes ficaram em Miami e região. Um problema? Não, porque dependendo do caso, ela consegue atendê-los on-line. Quando isso não é possível, ela viaja até o paciente. Dentre os pacientes de Utah, muitos são atendidos em cafeterias, no consultório ou on-line também.
Uma revolução exclusivamente norte-americana? Não exatamente. Aqui no Brasil, o atendimento psicológico on-line já é uma realidade e pode ser aplicado a muitos casos. Saiba mais neste link.

Rob também tira proveito da mobilidade e do esqui, esporte que ama. Ele já sabe, por exemplo, em qual lado da montanha o celular pega e vai pra lá quando precisa fazer contato. Se não, corre pro outro lado da montanha. Ele conta que até já conseguiu fazer algumas “reuniões” enquanto subia para esquiar. Robert optou por não ter um escritório fixo em Utah e, quando não está em home office ou portátil, aluga um espaço por hora. Menos custos, mais liberdade, menos estresse.

A fórmula deu super certo para o casal. Claro que nos Estados Unidos a cultura do “trabalhe em qualquer lugar” está mais difundida, mas o Brasil está caminhando a passos largos rumo a uma mentalidade parecida: a de que trabalho é algo que se faz, não um lugar para onde se vai.

ski











Leave A Response

* Denotes Required Field