kit home office

10 coisas que você precisa para trabalhar de qualquer lugar

Tem dias que não rola trabalhar em casa.

O filho do vizinho resolveu praticar um solo de tuba, a cadela da sua cunhada (com todo o respeito) está se esgoelando de latir e aquela sua tia do interior – que adora ouvir o radinho de pilha no talo – está passando uns dias na sua casa.

Hora de sair, de picar a mula e buscar um lugar mais tranquilo para trabalhar, que pode ser um co-working, uma cafeteria, um parque…

Se sua tia resolver estender a estadia, dá até para subir num ônibus e ir trabalhar da praia ou da fazenda.

Mas e se a sua tia resolver se mudar para sua casa para sempre? Bem, trabalhar da Tailândia é sempre uma opção.

Em todos esses casos, a dúvida é: o que eu preciso para trabalhar de qualquer lugar?

Separamos para você os elementos básicos necessários para trabalhar remoto, longe da sua tia do interior.

Confira a lista e utilize o check-list abaixo:

kit home office

1.(     ) Mochila
A mochila não precisa ser grande, mas deve caber todos os dispositivos essenciais para realizar o seu trabalho remotamente. Escolha um modelo com um certo enchimento, para proteger seus equipamentos de eventuais choques. E prefira cores discretas para poder levá-la em uma reunião sem perder em profissionalismo (não vai me chegar no cliente com a mochila das princesas Disney! ????). Se você viaja bastante, existe um modelo de mochila com compartimento especial que abre facilmente para mostrar o laptop aos fiscais no raio-x dos aeroportos. É uma facilidade que vale o investimento.


2.(     ) Notebook (e dispositivos externos de memória)
Se você não é um poeta ou um desenhista, vai precisar do seu computador para trabalhar. Bem, na verdade até essas atividades podem ser realizadas pelo notebook. Ou até mesmo por um tablet. Mas provavelmente sem um computador vai ser difícil trabalhar com eficiência. Ah, e se for trabalhar com arquivos que estão armazenados em hds externos, pendrives ou memórias flash, não esqueça de também colocar estes dispositivos na mochila.


3.(     ) Smartphone
Esse item da lista nem precisa argumentar: quem consegue viver sem o telefone celular? O smartphone só está listado aqui para você não esquecer de colocá-lo na mochila (o que dificilmente vai acontecer).


4.(     ) Cabo e Adaptadores
Não sei se acontece só comigo, mas parece que a bateria dos celulares está acabando cada vez mais rápido. Pelo menos uma vez por dia, o smartphone tem que ser espetado na tomada ou no computador. Mas e se você estiver longe do home office? Nessas horas, um cabo de recarga vale ouro. Por isso, vale lembrar de sempre levar o seu na mochila. E um adaptador também, já que atualmente existem uns cinco tipos de tomada no Brasil.


5.(     ) Power Bank ou Carregador Portátil (ou Bateria Portátil)
Mas não adianta nada levar um cabo de recarga se você não encontra uma tomada para espetar seu smartphone. Por isso vale a pena investir em um powerbank, também chamado de carregador portátil. Como o nome já diz, esse dispositivo (que mais parece um pendrive vitaminado) dá uma carga extra ao seu celular ou notebook (no caso das baterias portáteis, mais potentes).


6.(     ) Headphone
Se a sua casa tem ruídos domésticos e isso te atrapalha, o som ambiente de uma cafeteria também vai dificultar a concentração. Funcionários gritando, xícaras batendo, pessoal conversando na mesa ao lado. Sem problemas: tire os fones de ouvido da mochila e escute sua música predileta. Ou use sem música mesmo, só para tapar os ouvidos. Os fones auriculares – aqueles que são colocados no ouvido – podem incomodar um pouco se utilizados por muito tempo, por isso prefira os headphones, que cobrem toda a orelha, garantindo mais conforto e mais silêncio. Mas se quiser ter silêncio quase absoluto, invista na tecnologia de um fone anulador de ruídos.


7.(     ) Chicletes e/ou fio-dental
Quem trabalha remoto acaba almoçando na rua. Se você vai ter uma reunião à tarde, ou conhece um possível investidor no coworking, vai precisar estar apresentável. Um chicletinho ou balinha evita um eventual bafão e o fio-dental garante que seu sorriso não vai parecer uma vitrine das suas escolhas no buffet de saladas. Se quiser deixar ainda mais profissa, uma pasta e escova de dentes não ocupam muito espaço e fazem muita diferença (inclusive no psicológico).


8.(     ) Mesa e cadeira
Ok, essa é meio óbvia. Mas sem uma superfície reta pra trabalhar, e um lugar no mínimo decente para sentar, suas costas não vão aguentar por mais de 30 minutos e a sua produtividade com certeza vai reduzir bastante. Neste caso, trabalhar em cafeterias e espaços de co-working acaba sendo mais confortável (e produtivo) do que digitar sentado sobre uma toalha na grama do parque ou sentado no sofá da casa do amigo.


9.(     ) Sinal de wi-fi
Essa também é bem óbvia, mas muito importante. Tudo bem, você pode usar o seu 3G/4G. E também pode aproveitar a falta de sinal para trabalhar em tarefas offline (textos, planilhas, relatórios, etc). Mas, cedo ou tarde, você vai precisar enviar um e-mail ou subir uma imagem. Nesses casos, nada substitui uma boa banda larga. Por isso, tenha em mãos uma lista de locais com um bom e generoso wi-fi antes de sair de casa para trabalhar remotamente.


10.(     ) Cartões de visita
Você nunca sabe quem vai esbarrar nas suas andanças pelas cafeterias, aeroportos e co-workings. Uma vez encontrei o CEO do Boticário em um vôo Curitiba-São Paulo e não perdi a oportunidade. Saquei um cartão de visita (e um exemplar dos nossos livros) e – na maior cara de pau – me apresentei. Meses mais tarde a empresa nos chamou para um trabalho, provavelmente por indicação do executivo. Moral da história: sempre leve um bolinho de cartões de visita na sua mochila.

(Quer Aprender os Primeiros Passos Para Ganhar Dinheiro Sem Sair de Casa?
Clique no Banner Abaixo!)







Leave A Response

* Denotes Required Field