4 perfis de profissionais que não se adaptam ao home office

Rate this post

O home office é para todo mundo? Infelizmente, não. Depende muito do perfil do profissional e certas características não se adaptam ao trabalho em casa. Acompanhe 4 perfis que não combinam com o home office neste material divulgado pela Exame:

1. Muito jovens ou recém-contratados: quem não tem muita experiência não deve iniciar sua carreira no home office. Antes, é preciso aprender a trabalhar, entender como funciona uma estrutura corporativa. Os especialistas também aconselham a não levar para o home office o trabalhador recém-contratado. Ele precisa conhecer melhor os colegas e a empresa antes de ir para casa.

2. Workaholics: o horário flexível pode ser uma armadilha para os viciados em trabalho, levando-os a trabalhar inclusive nos finais de semana. Com isso, perde-se o ganho em qualidade de vida.



3. Acomodados ou indisciplinados:
para os que relacionam home office a trabalhar de pijama, fica o alerta. É preciso cumprir metas e entregar resultados da mesma forma, portanto o profissional tem que ter disciplina para gerenciar o horário de trabalho sem ter um chefe controlando-o. Se a pessoa precisa ser cobrada para entregar resultados, não vai funcionar.

4. Aqueles que precisam de interação com os colegas: os profissionais adeptos do “team work” podem ter dificuldades para se adaptar ao home office. Nestes casos, é preciso estabelecer alguns dias onde o profissional deve estar presente na empresa para não se isolar. Comunicação é fundamental.

Ou seja, é como sempre comentamos: disciplina é a chave do negócio. Se você consegue ser disciplinado e ter auto-gerenciamento, o home office certamente será um sucesso e trará muitos benefícios.

Leave A Response

* Denotes Required Field